Previdência Privada – Mitos e Verdades

por | 6 de abril de 2018

Compartilhar é se importar!

Previdência Privada - Mitos e Verdades

Conheça Alguns Mitos e Verdades sobre a Previdência Privada

O que é Previdência Privada?

Essa modalidade de previdência pode ser comparada à aposentadoria, porém não está ligada ao INSS. Assim, a previdência privada pode ser paga através de instituições privadas e não as governamentais, mais conhecidas. É uma forma de complementar as garantias que a previdência pública oferece. Nos planos de previdência privada é possível escolher o valor de contribuição, além da periodicidade. Há planos de bancos que possibilitam contribuições mínimas de 100 reais por ano. Após um número escolhido de anos, a pessoa pode escolher fazer uso dessa previdência em proporção de suas contribuições.

O valor investido na previdência privada pode ser resgatado pelo contribuinte caso necessário. Portanto, é uma forma segurança social privada oferecida por entidades credenciadas pela Susep (Superintendência de Seguros Privados). É um tipo de contribuição para aposentadoria contratada do investidor de uma instituição privada. Essa contribuição pode ser recebida posteriormente corrigida por juros e em parcelas. Em consequência, serve como suplementar à aposentadoria pública depois de alguns anos de contribuição. Mas não somente para isso, o resgate dos valores pode ser feito por outros motivos.

Mitos sobre a Previdência Privada

Vejamos a seguir alguns mitos relacionados à Previdência Privada:

  • A previdência privada é um investimento somente para complementar a aposentadoria.

A palavra previdência já traz consigo o conceito de aposentadoria relacionado, porém não é bem assim. Esse não é o único objetivo do investimento de longo prazo. Por exemplo, pais podem abrir um plano de previdência privada para filhos para que resgatem o valor para seus estudos. Muitos pais aderem ao plano de previdência privada pensando em seus filhos, de acordo com Sandro Bonfim  superintendente de produtos da Brasilprev para a revista Exame.

  • Para começar a aplicar é preciso muito dinheiro

Quem acredita nisso deveria repensar a situação, há planos oferecidos por bancos que começam em 25 reais. Como dinheiro investido ao longo de anos o montante crescerá. A longo prazo o valor acumulado será significativo, isso torna o investimento bastante atrativo para quem busca obter bons rendimentos no futuro. A pessoa não precisa colocar sempre a mesma quantidade de dinheiro todo o mês. O valor pode subir ou baixar de acordo com suas necessidades e possibilidades.

  • Um plano de Previdência Privada contratado é uma dívida

Isso é um mito, se você contratar um plano de previdência privada e perder o emprego, será possível resgatar. Você poderá desistir do plano a qualquer momento e resgatar os valores que investiu. Você também poderá fazer um resgate parcial e os valores que continuarem na conta, continuarão rentabilizando. É possível adicionar valores, em qualquer momento, vindos de renda extra. Esses valores renderão juntamente com os valores já contribuídos.

  • Meu investimento terá que ficar na mesma instituição a vida toda

A previdência privada, como investimento a longo prazo, permite a portabilidade total ou parcial de seus rendimentos. A portabilidade deverá ser solicitada à agência administradora, segundo a Fenaprevi. Será possível transferir a sua reserva previdenciária dos recursos investidos a outra empresa caso o cliente deseje. Porém, os planos portados terão que ser da mesma modalidade. Para trocar de modalidade de plano e investir em outra empresa, será necessário resgatar os valores e depois proceder conforme os planos escolhidos.

  • Os planos corporativos são ruins

Também chamados de fundos de pensão, esses planos são oferecidos pelas empresas e costumam ser uma das melhores opções para aposentadoria. A contribuição que a empresa faz a esses fundos é muitas vezes equivalente ao aporte feito pelo funcionário. Isso é muito interessante a longo prazo. Esses planos são oferecidos para os funcionários das empresas patrocinadoras do fundo. Geralmente se o funcionário fizer uma contribuição de 150 reais para o fundo, a mesma quantidade será investida pela empresa. É um luxo para poucos porque são gerenciados pelas mesmas empresas que os operam. Dessa forma, as taxas administrativas também podem ser inferiores às praticadas pelo mercado.

Verdades sobre os planos de Previdência Privada

Agora, vejamos algumas verdades sobre a Previdência Privada

  • O Imposto de Renda é pago somente após a final da aplicação, evitando o temido come-cotas

O Imposto de Renda será retido somente no momento do resgate ou do recebimento da renda em forma de parcelas. Os fundos tradicionais têm uma taxa que é chamada no mercado de come-cotas. O come-cotas nada mais é do que o Imposto de Renda sendo descontado na fonte a cada seis meses. Isso faz com que a lucratividade de muitos investimentos seja diminuída. Porém, com os planos de previdência privada é possível escolher a forma de pagamento do Imposto de Renda e quanto mais tempo de investimento houver, menor será a cota separada para o IR.

  • PGBL em nome de dependentes são menos tributados

A base de cálculo do PGBL passa a levar em conta os descontos para dependentes realizados no Imposto de Renda. O PGBL é o Plano Gerador de Benefícios Livres, ideal para quem usa o modelo completo para declarar Imposto de Renda. Uma coisa deve ser levada em conta, o dependente maior de 16 anos de idade deverá entrar também como contribuinte para a Previdência Social.

É possível investir em mais de um plano de previdência privada

Com certeza, você pode ter mais de um plano de previdência privada em seu próprio nome. É importante também lembrar que as pessoas que optam pelos planos PGBL de previdência privada não devem ultrapassar o limite de 12% da renda bruta. Caso isso aconteça o seu investimento em previdência privada será tributável, sem possibilidade de dedução do IR. É possível que o excedente seja colocado em outro tipo de plano de previdência privada, assim é possível rentabilizar os recursos pagando impostos somente pelos rendimentos.

  • Dá para fazer o resgate do dinheiro investido sempre que você quiser

Sim, nos planos de previdência privada é possível resgatar parte do valor investido ou o total desse. Você também pode suspender a sua aplicação a qualquer momento, resgatando o valor total do investimento. Muitas pessoas pensam que só é possível resgatar o valor total dos investimentos, porém não é verdade. Você poderá deixar uma parte do valor rendendo enquanto resgata parcialmente valores que sejam necessários também a qualquer momento. É importante também estar atento às políticas de contrato dos planos, pois as regras podem variar de acordo com o plano contratado e com a instituição financeira.

  • Há custos além da taxa de administração

Há uma outra taxa além da taxa administrativa que pode incidir sobre seus recursos aplicados em Previdência Privada. É a chamada taxa de carregamento, que tem como objetivo cobrir as despesas administrativas, operacionais e de vendas de planos. Cada instituição que opera o fundo definirá uma política de porcentagem da cobrança dessa taxa, portanto fique atento(a) aos valores e índices que forem passíveis de cobrança. Pois a taxa de administração já estará cobrada nos relatórios de sua reserva previdenciária.

Conclusão

É preciso pesquisar os dados e fatos de acordo com a realidade do mercado de produtos oferecidos pelas instituições. Não confie em preconceitos sobre o assunto, busque informações precisas para decidir o tipo de investimento em Previdência Privada ideal. Procure estar a par das taxas cobradas, dos descontos com imposto, além dos percentuais para isenção. Dentro da perspectiva dos rendimentos, procure alternativas que sejam as mais adequadas às suas possibilidades financeiras. Lembre-se de que é possível ter mais de um fundo de Previdência Privada em seu nome para manter a isenção.

Originally posted 2018-04-06 15:12:45.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *